NR9 : Anexo garante redução de exposição ao benzeno nos postos de gasolina


Reunião que aprovou o anexo

Para garantir a saúde dos trabalhadores de postos de combustíveis e reduzir o risco de contaminação pelo benzeno presente na gasolina comum e aditivada, a NR-9 está ganhando um anexo específico sobre o assunto. O anexo dois da NR-9 reforça a implantação da NR-20, que trata especificamente da segurança e saúde nos postos de combustíveis. De acordo com o documento, os empregados expostos ao benzeno deverão ser capacitados para exercerem as funções. A proposta do anexo foi aprovada na Comissão Nacional Permanente do Benzeno (CNPBz) e editada pelo Ministério do Trabalho, aguardando sua publicação. A partir da publicação da portaria, os postos de combustíveis terão três anos para implantar as novas regras. Entre as mudanças propostas está a instalação do sistema de recuperação de vapor junto às bombas de combustíveis. A nova tecnologia vai retirar da zona de respiração dos trabalhadores vapores liberados pela gasolina. Todas as atuais bombas de combustíveis, começando pelas mais antigas, terão que ser substituídas. Dentre as mudanças, os postos de combustíveis de todo o país não poderão mais abastecer os carros após ser acionada a trava automática de segurança da bomba. Será obrigatório às empresas realizarem exames periódicos semestrais aos trabalhadores de postos, com hemograma completo com contagem de plaquetas e reticulócitos, independentemente de outros exames previstos no Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional(PCMSO). Todos os exames terão quer ser catalogados e entregues ao trabalhador em caso de rescisão de contrato. Também será obrigação dos postos lavarem os uniformes dos funcionários, pelo menos uma vez por semana.

#NR9 #benzeno #postosdegasolina